A nova letra de Afroman e a legalização da maconha

2
1661

Por Sabrina Fendrick
Publicado na Marijuana

A letra por trás do mais recente remix de Afroman “Because I Got High” (Porque eu me droguei, em tradução livre) – um hino moderno pró-legalização que exalta os benefícios da maconha – não é apenas divertida, é um infomercial convincente, baseada em evidências sobre o por que é hora de acabar com a proibição da maconha. Os diferentes conceitos por trás de cada verso focam tanto nos benefícios médicos associados com a planta quanto no impacto positivo que a legalização têm na sociedade e na economia.

O vídeo, lançado no mês passado, já atingiu mais de 3 milhões de visualizações no YouTube.

O que vem a seguir são as pesquisas por trás da letra, especificamente os três primeiros versos que destacam os benefícios da terapia com cannabis para o tratamento de glaucoma, os seus efeitos positivos sobre a saúde cardiovascular e gestão de abuso de substâncias.

Letra traduzida:

Tive problemas com o Glaucoma, e eu fiquei doidão
Cheirei o aroma da cannabis, e eu fiquei doidão
Glaucoma está melhorando e eu sei por quê
Porque eu fiquei doidão
Porque eu fiquei doidão
Porque eu fiquei doidão
Eu costumava fumar cigarros, mas fiquei doidão
Ficando cansado e tentei parar, mas fiquei doidão
Estou jogando basquete e correndo e eu sei porquê
Porque eu fiquei doidão
Porque eu fiquei doidão
Porque eu fiquei doidão
Eu costumava beber cerveja e vinho, mas fiquei doidão
Acordei me sentindo bem, porque eu fiquei doidão
Minha ressaca acabou e eu sei porquê
Porque eu fiquei doidão
Porque eu fiquei doidão
Porque eu fiquei doidão
Eu tinha ataques de ansiedade, mas fiquei doidão
Eu costumava tomar Xanax, mas fiquei doidão
Não mais prescrições de pílulas e eu sei por quê
Porque eu fiquei doidão
Porque eu fiquei doidão
Porque eu fiquei doidão
O Estado fez a receita, porque eu fiquei doidão
eles construíram uma escola ou duas, porque eu fiquei doidão
agora o Estado pode financiar o tratamento de drogas e eu sei porquê
Porque eu fiquei doidão
Porque eu fiquei doidão
Porque eu fiquei doidão
Não há mais armadilhas para criminosos se está legalizado.
Eu não tenho de comprar de traficantes que falam asneiras
se for legalizado
Eu posso advogar com WeedMaps e eu sei por quê
Está legalizada x3

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 

 


“Tive problemas com glaucoma, mas fiquei doidão…”

O glaucoma é a degeneração do nervo óptico que leva a perda de visão e eventual cegueira. É uma das principais causas de cegueira em todo o mundo. Foi descoberto que a administração de maconha, no entanto, diminui a pressão intra-ocular (IOP), que por sua vez reduz o risco de progressão dos danos causados pela degeneração. Já em 1982, o Instituto de Medicina concluiu que “a cannabis e seus derivados têm se mostrado promissores em uma variedades de transtornos. A evidência é mais impressionante com o glaucoma, onde seu mecanismo de ação parece ser diferente dos medicamentos convencionais. “

“Eu costumava fumar cigarros, mas fiquei doidão Agora estou jogando basquete e correndo e eu sei por quê.

Em 2012, a revista Time relatou em um estudo publicado pelo Journal of the American Medical Association, que concluiu que, embora os fumantes de tabaco mostraram a esperada queda na função pulmonar ao longo do tempo, a nova pesquisa descobriu que a fumaça da maconha tem efeitos inesperados e aparentemente positivos. Usuários que fumam de pouco à moderadamente na verdade mostraram aumento da capacidade pulmonar em comparação aos não-fumantes .

Além disso, um estudo publicado em 2013 International Journal of Cancer descobriu que – ao contrário de cigarros fumar maconha não está associada a um aumento de câncer de pulmão. Vários estudos chegaram a conclusões semelhantes ao longo dos últimos anos, incluindo um relatório da Johns Hopkins Medical School.

“Eu costumava beber cerveja e vinho, mas fiquei doidão

Um número crescente de estudos estão encontrando evidências mostrando o potencial para a marijuana para atuar como um substituto para o álcool. Em 2013, O Conselho Editorial do New York Times endossou a ideia da cannabis como um substituto para bebidas alcólicas citando um estudo publicado no Jornal de Análise de Políticas e Gestão. Os pesquisadores concluíram que “a legalização da maconha para fins médicos tem sido associada com a redução de “bebedeiras” … e com uma diminuição de quase 5 por cento nas vendas de cerveja.Mais recentemente, o Journal of Alcohol and Alcoholism publicou uma revisão em fevereiro 2014 sugerindo que sua base preliminar de dados também apoia esta reivindicação. O estudo constatou que, cannabis parece ser um potencial substituto para o álcool.

Não só dados indicaram cannabis como sendo um substituto eficaz, os estudos também têm sugerido que a planta ser uma potencial droga de saída para o abuso de substâncias problemáticas, incluindo álcool e produtos farmacêuticos.

CONTINUAR LENDO

Deixe um comentário

2 Comentários em "A nova letra de Afroman e a legalização da maconha"

Notify of
avatar
Sort by:   newest | oldest | most voted
Murça
Visitante

Existem outros aspectos não mencionados e que não são positivos. Para
uma discussão é preciso analisar os benefícios e os malefícios. Os
defensores de algo, possuem a tendência de serem parciais. Neste vídeo
outros aspectos relevantes são mostrados. O título utilizado no vídeo, também demonstra a
parcialidade de quem é contra a Cannabis https://www.youtube.com/watch?…

Guest
Visitante

Existem outros aspectos não mencionados e que não são positivos. Para uma discução é preciso analisar os benefícios e os malefícios. Os defensores de algo, possuem a tendência de serem parciais. Neste vídeo outros aspectos relevantes são mostrados. O título também demonstra a parcialidade de quem é contra a Cannabis https://www.youtube.com/watch?v=WNlxtzi_di0

wpDiscuz