A melhor prova de que fenômenos paranormais não existem

20
14235
Na Imagem: James Randi, conhecido como "O Incrível Randi".

Por Nir Shaviv

As reivindicações de fenômenos paranormais tendem a surgir de vez em quando, o melhor exemplo é provavelmente a de Uri Geller. Ele se tornou famoso na década de 70 com suas “habilidades” para dobrar colheres, ler pensamentos, etc. [1] Infelizmente, Uri Geller decidiu voltar para seu país natal (Israel), e pior, teve um programa de televisão em horário nobre, presumivelmente para encontrar um herdeiro.

Ontem, eu estava sentado no meu escritório e, de repente, um cara (que aparentemente não tem nada a ver com a Universidade), apareceu. Ele queria saber o que a ciência pensa sobre o “Fenômeno Uri Geller”. Eu disse a ele que a ciência nem sequer perde tempo com este tipo de bobagem. Não foi o suficiente para ele. Então, já que eu não queria que ele deixasse o escritório pensando que a ciência não tem uma resposta, e já que o meu tempo é precioso, eu rapidamente tentei encontrar a resposta ideal. Aqui está.

Qualquer pessoa que alegue ter habilidade paranormal, de fato, poderia facilmente ser capaz de participar do Desafio Paranormal [2] promovido pela Fundação Educacional James Randi que oferece um prêmio no valor de 1 milhão de dólares para qualquer pessoa que possa demonstrar evidências de quaisquer poderes paranormais, sobrenaturais ou poderes ocultos, sob condições controladas – de acordo com ambas as partes. Qualquer pessoa que possua uma verdadeira habilidade paranormal deve facilmente ser capaz de chegar a um acordo sobre os critérios dos testes com James Randi (“O Incrível Randi”). Até agora, ninguém foi capaz de reivindicar o prêmio – nenhuma pessoa foi capaz de demonstrar habilidades paranormais.

Quanto a Uri Geller, mostrei ao rapaz um vídeo agradável de James Randi [3] demonstrando como Uri Geller poderia fazer os seus truques. Ele explica como Uri Geller poderia usar meios convencionais para dobrar colheres, chaves, ler “mentalmente” desenhos e assim por diante. O vídeo ainda mostra como, sob condições controladas no Tonight Show.

Então, o cara no meu escritório, em seguida, pergunta: “Então, por que as pessoas ouvem e acreditam em todos estes charlatães?”.

“Boa pergunta!”, disse a ele. “No entanto, eu acho que não dá tempo de eu responder essa questão.”

De qualquer forma, um ótimo livro que eu encontrei sobre este assunto “Por Que as Pessoas Acreditam em Coisas Estranhas” [4] do Michael Shermer. É um ótimo livro que tenta explicar os fenômenos psicológicos por trás das razões pelas quais as pessoas são tão crédulas.

Lembre-se sempre, só porque você não sabe uma explicação razoável para algo, não significa que não há uma!


[1]Brazil Skepdic, Uri Geller.

[2]One Million Dollar Paranormal Challenge.

[3]James Randi debunks Uri Geller.

[4]Why People Believe Weird Things, Michael Shermer.


Artigo publicado na Science Bits com o título The Best Proof That Paranormal Phenomena Do Not Exist.

CONTINUAR LENDO
Compartilhar
Artigo anteriorFilosofia da Pseudociência — Reconsiderando o Problema de Demarcação
Próximo artigoDesconstruindo o caso dos Crop Circles de Chilbolton e a Mensagem de Arecibo de 1974
Graduando em Filosofia (2014) pela Universidade de Franca (UNIFRAN); estágio de iniciação científica em Microbiologia com enfoque em Astrobiologia (2016) pelo Instituto de Química da Universidade de São Paulo (USP); estudante da disciplina de Filosofia da Mecânica Quântica de pós-graduação (2016) pela Universidade de São Paulo (USP); experiência na área de Divulgação Científica com enfoque em Ciências Planetárias (Astronomia e Astrobiologia) e em Ciências Cognitivas (Neurociência e Psicologia); fundador da Organização Universo Racionalista (UR); colaborador do Instituto Ética, Racionalidade e Futuro da Humanidade (IERFH); membro-estudante da Rede Brasileira de Astrobiologia (RBA). Tem interesse nas áreas de Astronomia, Astrobiologia, Biologia Evolutiva, Física, Filosofia da Ciência, História da Ciência, Microbiologia, Neurociência, Psicobiologia e Sociologia da Ciência. Abaixo, segue o endereço do currículo na plataforma Lattes.

Deixe um comentário

20 Comentários em "A melhor prova de que fenômenos paranormais não existem"

Notify of
avatar
Sort by:   newest | oldest | most voted
Geraldo Rondelli
Visitante

O limite da prova proposta é que as pessoas são obrigadas a demonstrar faculdades paranormais dentro de condições pré estabelecidas. Segundo pesquisadores do CLAP, atualmente,Instituto Padre Quevedo de Parapsicologia, os fenômenos paranormais (diferentes de sobre naturais) ocorrem de forma inconsciente e espontânea, não há, portanto, como demonstrá-los intencionalmente.

Paulo
Visitante

Existe sim o charlatanismo, mas o paranormal não é revista em quadrinhos, não estou falando de poderes psíquicos mas de uma força incontrolável que provêm das trevas, não está ao alcance de qualquer um mas quem possui não precisa ir à programas de TV ou ficar se exibindo para ganhar um milhão . Há também quem diga que está força está por trás dos grandes mágicos mas ao contrário dos charlatães eles querem que você pense que é um truque.

André Durval
Visitante
Bom dia, Universo Racionalista e senhor Douglas Rodrigues, eu e meus alunos somos seguidores de sua página que muito apreciamos, contudo, porém, entretanto, todavia, vemos aqui algumas ‘certezas científicas’. Eu sou um admirador nato de James Randi, pesquiso e trabalho com a forma de metodologia dele, mas levar como uma prova pessoas como Uri Geller já é demais, em qualquer ponto que vocês procurem o fenômeno de coisas bizarras e estranhas, só encontrarão coisas bizarras e estranhas, misticismo, religião, charlatanismo. Enquanto vocês procurarem fenômenos ligados ao fantástico, sobrenatural, místico, religioso, milagres e afins não há o que discordar, fenômenos paranormais… Read more »
Junior
Visitante

Não que eu defenda que existem fenômenos paranormais mas o título deste texto é ridículo se considerarmos que o autor sequer passou perto de dar uma prova.

O autor tem bons textos mas desta fez foi muito infeliz.

Jackson Luiz Camargo
Visitante

Desculpa, mas não vi nenhuma prova ao longo do artigo…

wpDiscuz